Vert hotéis anuncia parceria com importante escritório de design

Ao que tudo indica, 2015 será o ano dos hotéis brasileiros reposicionarem suas marcas através de novas identidades visuais. Se no ano de 2014 os hotéis tiveram uma demanda muito grande de trabalho devido aos jogos da Copa do Mundo, no ano que inicia o trabalho parece estar focado em alavancar os negócios através das ações de marketing.

Vai daí que, a rede de hotéis Vert, anunciou durante a semana passada o início de uma parceria com o escritório Greco Design, localizado na cidade Belo Horizonte.

De acordo com a Vert Hotéis, o escritório Greco será responsável pelo projeto da nova identidade visual assim como do design estratégico da nova unidade da rede de hotéis.

O novo empreendimento da Vert Hotéis será sediado na capital mineira, Belo Horizonte e tem previsão de inauguração ainda no primeiro semestre de 2015.

Gustavo Greco, diretor da Greco Design, explica que a parceria com a Vert Hotéis gerará um projeto memorável. O designer garante que o resultado será uma experiência única e inovadora, cheia de importantes significados para os futuros clientes da Vert Hotéis.

De acordo com Greco, a identidade visual é um ponto de suma importância para marcas, sejam elas de hotéis ou não. Ter um conceito forte é sinônimo de garantia de bons momentos e clientes felizes.

Gustavo conclui comemorando a parceria, pois pela primeira vez desenvolverá este tipo de trabalho com rede de hotéis.

Mesmo guardando os melhores detalhes para o momento da inauguração, a Vert Hotéis adianta que o Ramada Encore Luxemburgo contará com a música popular brasileira do século vinte como tema principal.

Todos os andares do hotel serão divididos de acordo com os diferentes tipos de gêneros musicais. Os pavimentos também serão decorados por ordem cronológica e receberão decoração condizente com o período a que se referem.

Jazz, chorinho, samba, baião, blues, rock, reggae, rap e grounge serão alguns ritmos homenageados pelo novo empreendimento da Vert Hotéis.

A Greco Design chamou artistas urbanos do Quartoamado para elaborar projetos gráficos em cada pavimento do hotel.

Érica Drumond, presidente e CEO da Vert Hotéis explica que a prioridade da rede é criar ambientes que sejam capazes de atrair e agradar o maior número de clientes possíveis.

Investir em design e decoração sem deixar os serviços de alto padrão de lado são as principais metas da Vert Hotéis.

Segundo a CEO e presidente da Vert Hotéis, Érica Drumond, “priorizamos diferenciais para atrair e agradar cada vez mais nossos clientes. Com uma decoração moderna, com cores alegres, o Ramada Encore cria um ambiente refrescante, agradável e vibrante para a estadia de seus hóspedes, sem deixar de lado a hotelaria essencial”.

Parada LGBT gera movimento extra a hotéis em São Paulo

 LGBT plane

No último dia 7 de junho, foi realizada a 19ª edição da Parada do orgulho LGBT de São Paulo. Quem comemorou foram os hotéis e restaurantes que tiveram movimento recorde. O evento é o segundo que mais atrai turistas para a capital paulista e tem como objetivo mobilizar a população sobre os direitos civis de lésbicas, gays, bissexuais e travestis.

Segundo dados das empresas de turismo a demanda aumentou 43,2% na semana do evento. O movimento atrai principalmente estrangeiros. Viajantes dos Estados Unidos, Taiwan, Japão, Canadá, Coréia do Sul, México e Argentina lideraram a lista de nacionalidades que realizaram contato com os hotéis paulistas.

Conforme a presidente da Associação Brasileira de Turismo para Gays, Lésbicas e Simpatizantes, Marta Dalla Chiesa, a Parada LGBT de São Paulo movimenta, em média, 400 milhões de reais na economia da capital paulista, sendo comparada apenas ao Grande Prêmio de Fórmula 1.

Para se ter uma ideia do tamanho do movimento, a Parada LGBT de 2012 reuniu mais de quatro milhões de pessoas, dos quais cerca de 650 mil eram turistas e 15 mil vieram de outros países, de acordo com a última pesquisa do Observatório de Turismo de Eventos (núcleo de estudos e pesquisas da SPTuris). Entre os estrangeiros, a maioria foram peruanos, norte-americanos, holandeses e argentinos. Ainda de acordo com o levantamento, o gasto médio, em três dias, foi de 1.272 reais.

Segundo o Ministério de turismo, São Paulo conta com 80 locais amigáveis ao público, chamados gay friendly. A Capital do estado de São Paulo ainda foi eleita pelo site GayCities, um site americano que monitora os principais destinos LGBT, o quarto melhor destino gay do mundo.

O Ministério do Turismo tem incentivado e realizado ações para o desenvolvimento do segmento LGBT. Um exemplo disso são os mais de 350 mil folhetos de orientação para enfrentar a exploração sexual de crianças e adolescentes e orientar sobre os direitos do público LGBT que foram distribuídos durante a Copa. No período anterior à Copa, já haviam sido distribuídos mais de 300 mil peças de matérias de divulgação.

 LGBT plane

Conheça o Uruguai, um país certamente campeão

 UruguaiNão foi somente por ter sido consagrado campeão da Copa das Américas 2011 que o Uruguai está dando o que falar. Hoje a prioridade do país é captar turistas brasileiros. Se há seis anos o Uruguai recebia 170 mil visitantes brasileiros por ano, hoje esse número é mais de 400 mil. Fora os não-registrados que atravessam a fronteira, uma média de 260 mil brasileiros.

A participação do Uruguai como destino em eventos do trade turístico criam uma excelente oportunidade para realizar parcerias. Um dos principais pontos de acesso de brasileiros ao Uruguai é através da extensa malha aérea. São mais de 90 vôos semanais de São Paulo para o Uruguai. Fora os vôos das linhas aéreas Pluna e da Gol que saem de diversas cidades do Brasil para Montevideo.

 UruguaiNos próximos três meses, o turismo do Uruguai pretende fechar um acordo de cooperação com o Brasil que vai tratar aspectos como capacitação, promoção e projetos entre fronteiras.

A atividade turística no Uruguai é uma das principais fontes de renda econômica. Em 2005, o turismo gerou US$ 500 mil para o país. A expectativa é fechar 2011 com mais de US$ 1,7 milhão. O turismo representa 6,5% do PIB (Produto Interno Bruto) e gera 50 mil postos de trabalho diretos e mais de 100 mil indiretos.

X